Crítica – “Uma História de Amor e Fúria”

Uma-História-de-Amor-e-Fúria-imagem-1Uma História de Amor e Fúria animação brasileira com linguagem de mangá dirigido e roteirizado por Luis Bolognesi (Bicho de Sete Cabeças),  conta a história de um amor que atravessa seis séculos durante as principais batalhas ocorridas na história do Brasil alem de uma passada em um Rio de Janeiro futurista. O longa animado destinado a jovens e adultos, aborda a colonização, escravidão, regime militar e o futuro de 2096.

Abeguard (voz de Selton Mello) é um guerreiro imortal que tem o poder de se transformar em um pássaro sempre que morre antes de reencarnar novamente. Ele é apaixonado por Janaína (Camila Pitanga) o grande amor da vida dele e sua alma gêmea. Mas infelizmente ele precisa não só lutar para manter vivo esse amor por 600 anos mas também proteger seu povo dos governantes que oprimem a parte mais fraca a cada reencarnação nova do herói.

Com um roteiro bem estruturado e escrito, uma fotografia belíssima e uma trilha sonora composta especialmente para o filme que inclui a voz de Camila Pitanga que interpreta uma das canções, a animação mostra um pouco da história do Brasil por um ponto de vista jamais mostrado antes, o dos perdedores. Ou seja, o do povo. Como a cada nova batalha eles vão ficando mais resistentes em relação aos governantes. O filme narra a história do Brasil a partir da mitologia dos índios Tupinambás. Alem de Selton Mello e Camila Pitanga, a animação também conta com a participação especial de Rodrigo Santoro dublando um cacique Tupinambá e um guerrilheiro universitário.

amorfuria4Uma História de Amor e Fúria foi o primeiro longa animado a participar da mostra competitiva da Premiere Brasil do Festival do Rio de 2012 em 14 anos de Festival. Esse ano ele ainda participa do 30o Festival de Cinema de Miami, 16a Edição do Holland Film Festival na Holanda alem do 20o Internationales Trickfilm Festival na Alemanha.  A animação que está sendo distribuido pela Europa filmes com classificação para maiores de 12 anos (por conta de cenas de violência e nudez) estreia nas salas brasileiras no dia 05 de abril.

Confiram o trailer: 

Anúncios


Categorias:Cinema, Críticas

Tags:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: