Crítica – “O Cavaleiro Solitário”

Foto: Divulgação/Disney

Finalmente chega aos cinemas o longa de uma história já conhecida. O Cavaleiro Solitário (The Lone Ranger, 2013)filme estrelado por Johnny Depp (que também é um dos produtores do filme) e Armie Hammer baseado na famosa série da década de 40 que depois ganhou outras mídias conquistando crianças e adultos de todo o mundo.

Oitenta anos depois depois de sua criação, o longa finalmente toma vida graças a mesma equipe que trouxe Piratas do Caribe aos cinemas. Dessa vez o produtor Jerry Bruckheimer e o diretor Gore Verbinksy foram os responsáveis para a nova adaptação do herói mascarado e seu fiel escudeiro.

THE LONE RANGERNa história narrada por Tonto (Johnny Depp) para um menino, ele conta aventuras desconhecidas do grande público sobre o advogado John Reid (Armie Hammer) que depois que seu irmão é assassinado, ele resolve buscar justiça se tornando o Cavaleiro Solitário. Ele acaba conhecendo o índio Tonto por acidente e acaba sendo obrigado mesmo a contra gosto a se aliar a ele pra conseguir sua vingança tão desejada.

A fotografia do filme está de tirar o fôlego assim como o departamento de arte do filme está de parabéns pois todos os detalhes da época em que o filme passa estão presentes. Desde os figurinos onde para construir um guarda roupa fiel a 1870 a figurinista Penny Rose fez questão que os tecidos mais usados na época estivessem presentes como o algodão, lã e seda. Outro fato curioso é que nenhum figurino tem ziper os botões só tem duas casas e todas as figurantes usaram corpetes. Os gastos excedentes do filme em R$250 milhões  tanto com a direção de arte, figurinos e efeitos visuais de primeira qualidade infelizmente não compensam as duas horas e meia de projeção do filme que acaba se tornando um pouco arrastado perdendo um pouco do seu fôlego no meio do filme e só conseguindo resgatá-lo lá para o final do filme, na sequência final que sem dúvida nenhuma é uma das mais divertidas do filme.

THE LONE RANGEROs protagonistas principais interpretados por Johnny Depp (que tem maior destaque na história fazendo outro de seus personagens estranhos), Armie Hammer e Helena Boham Carter (novamente repetindo a parceria com Johnny Depp), são os mais marcantes da história embora a personagem de Boham Carter tenha sido mal aproveitada e parecendo ter sido criada a partir da inspiração da personagem de Rose McGowan em Planeta Terror. O filme ainda conta com muitas referências a Piratas do Caribe e De Volta Para o Futuro III, não deixando o filme ter identidade própria. Mas mesmo com esses problemas, o filme ainda consegue entreter mesmo sendo um pouco arrastado da metade para o filme.

O Cavaleiro Solitário estreou hoje nos cinemas brasileiros e está sendo distribuido pela Disney.

Anúncios


Categorias:Últimas Notícias, Cinema, Críticas

Tags:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: