Review do episódio #1.04 de Under the Dome

Outbreak

«Under the Dome» parece infelizmente não estar indo a lugar algum desde o segundo episódio, mas ainda é válido dar uma chance a essa que parecia ser a grande promessa do gênero ficção científica para a televisão. Com uma semana de atraso, aqui vai um breve retrospecto de «Outbreak», quarto episódio da adaptação do romance homônimo de Stephen King, com produção de Steven Spielberg.

O episódio começa mostrando os efeitos da conversa entre Julia (Rachelle Lefevre) e Junior (Alexander Koch) em «Manhunt». Agora desconfiada de Barbie (Mike Vogel), a repórter lança indiretas sobre como ele conhece tão bem Chester’s Mills após encontrar um mapa sinalizado da cidade em suas coisas.

Enquanto isso, finalmente vemos a população reagir à cúpula, mesmo que da forma mais inútil, acertando ovos e pichando a redoma instransponível, enquanto o exército ainda faz vigília do outro lado da estrutura. E mais uma vez, a despeito dos esforços de Linda (Natalie Martinez), única autoridade policial agora, é Big Jim (Dean Norris) que consegue acalmar a multidão. A policial então desmaia, e é nesse momento que percebemos que as pessoas estão começando a ficar doentes.

Paralelamente, Angie (Britt Robertson) ainda é prisioneira de Junior, e mais uma vez finge interesse em continuar a relação a fim de ganhar confiança de seu captor e conseguir fugir. Desta vez, porém, ela está com uma tesoura, e arrisca golpeá-lo, ao que é acorrentada ao leito e novamente abandonada à sua própria sorte em seu cativeiro.

Joe (Colin Ford) e Norrie (Mackenzie Lintz), agora no hospital, tentam descobrir o que causou sua crise simultânea de convulsão, e acreditam ser algo relacionado à redoma, de modo que tentam novamente se tocar sob o registro de uma filmadora para ver o que acontece. Em princípio, o contato não traz resultado, mas quando menos esperam, os dois colidem ao chão e começam a dizer palavras desconexas enquanto seus corpos tremem violenta e involuntariamente, para, após, serem surpreendidos com uma visão estarrecedora no vídeo.

Carolyn (Aisha Hinds) e Alice (Samantha Mathis) tem sua primeira discussão quando a primeira percebe que a segunda está empenhada além da conta a ajudar a população quase toda hospitalizada por conta de uma epidemia de meningite e a falta de medicamento suficiente.

E enquanto Big Jim e Barbie saem em busca de suplementos médicos, Junior fica encarregado de não permitir que ninguém saia do centro hospitalar. Parte da cidade fica então em quarentena.

Doente, Julia decide assim mesmo sair em busca de respostas sobre o paradeiro de Peter (R. Keith Harris), e descobre não apenas que o marido vendeu seu carro para o DJ Phil (Nicholas Strong), como também que ele estava com problemas legais ao encontrar a cabana onde ele foi morto por Barbie.

Com o fim do surto, Joe convida Norrie, Carolyn e Alice para passarem a noite em sua casa, e os adolescentes decidem não contar sobre a segunda crise de convulsão, nem o que viram no vídeo.

Junior consegue manter o controle da situação no momento da quarentena e, orgulhoso, Big Jim sugere ao filho seguir carreira na força policial. Na delegacia, Linda lhe entrega um distintivo.

Ao se recuperar, no hospital, Julia descobre que sua casa foi tomada e que sua conta bancária está zerada, e Barbie lhe diz que trabalha para um agiota, mas ela diz que não acredita que Peter era apostador compulsivo. Ela então o confronta sobre o marido está, e Barbie sugere que ele deve ter saído da cidade. Ela então o expulsa de sua casa.

Big Jim chega em casa para descobrir o Revendo Lester (Ned Bellamy), que lhe entrega uma bolsa de dinheiro, dizendo ser sua parte, e que pretende lavar suas mãos da sujeira do passado. Mais tarde, Jim escuta um barulho no porão, e descobre Angie tentando se proteger em meio a uma inundação que acidentalmente causou numa tentativa desesperada de escapar.

Embora a série não trate da redoma propriamente dita, tivemos em «Outbreak» alguns bons mistérios que dizem respeito à nova e inusitada situação de Chester’s Mills. Parte da população foi abatida por um surto de meningite, e vimos que não há qualquer preparo para uma catástrofe maior. Joe e Norrie fizeram sua própria descoberta, e tivemos um momento assustador com os dois.

De resto, as tramas entre os personagens ainda é o afã da série, e talvez, se não melhor trabalhada, sua eventual ruína. Por outro lado, tivemos melhores momentos com Big Jim e Junior, e vimos o outro lado da moeda de muitos personagens, como Linda, Barbie e Julia. Foi boa também a exploração de outro núcleo, como o da família de Norrie, e melhor ainda finalmente ter visto Joe preocupado com o desaparecimento de Angie. E falando em Angie, a descoberta de Jim pode ser o indício de que a série seguirá rumo diferente do livro, já que no romance de Stephen King, a personagem morre logo no começo, sem que ninguém jamais descubra que era mantida em clausura por Junior.

Anúncios


Categorias:Danielle Lenzi, Seriados

Tags:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: