Review do episódio #8.06 de Dexter

DEXTER

Em «A Little Reflection», sexto episódio da oitava e última temporada de «Dexter», uma nova perspectiva para o personagem título, interpretado por Michael C. Hall, começa a surgir a meio caminho do final da série.

Após a captura e execução de AJ Yates (Aaron McCusker), Dexter passa a observar mais de perto Zach Hamilton (Sam Underwood), com o qual teve contato na investigação de um assassinato em que seu pai era o principal suspeito, e percebe o quanto o garoto é fascinado por sangue, identificando-se imediatamente com ele. É quando Dexter descobre que Zach é paciente de Evelyn Vogel (Charlotte Rampling), com o qual tem uma discussão a respeito, e ela lhe pede provas de que o rapaz é mesmo um serial killer.

Masuka (C.S. Lee), que contratou os serviços de Deb (Jennifer Carpenter) para investigar sua filha Nikki, descobre que a garota não precisa de dinheiro, o que o faz tomar uma atitude impensada e que acaba a ofendendo.

Enquanto isso, Deb trabalha em um novo caso com Jacob (Sean Patrick Flanery). Grampeada, ela consegue chamar a atenção da pessoa investigada, mas quando os dois estão prestes a se beijar, num acesso de fúria, Jacob esbofeteia o sujeito, o que faz Deb crer que ele está interessado nela, e que reagiu por ciúmes.

Uma mentira inocente de Harrison (Jadon Wells) faz Dexter ficar preocupado, mas não tanto quando o filho o acusa de também mentir.

Quanto a Cassie (Bethany Joy Lenz), após um encontro com Dexter, a garota parte para outra no aniversário de Jamie (Aimee Garcia), e Quinn (Desmond Harrington) não consegue a promoção a sargento como prometido por Batista (David Zayas).

Seguindo os passos de Zach, Dexter apresenta a Vogel provas de que o rapaz é um assassino, e a neuropsicóloga lhe sugere ensinar o código de conduta moral de Harry, visto que enxerga no garoto o que Dexter um dia foi. Perplexo, ele refuta a hipótese, e segue firme no propósito de executar Zach, principalmente ao descobrir que ele tem outra vítima em potencial em mira. Ao surpreendê-lo na iminência de matar o próprio pai, é quase flagrado por Quinn, para instantes depois, antes de matá-lo, descobrir que há um pequeno reflexo dele no garoto, conforme anuncia o título do episódio, ao que decide libertá-lo e treiná-lo tal como Harry (James Remar) um diz fez.

Mais tarde, na casa de Deb, os irmãos jogam conversa fora, quando então Deb começa a se sentir tonta, e desmaia, ao passo em que Dexter também começa a ficar com a visão embaçada, mas não sem antes enxergar Hannah (Yvonne Strahovski) surgir à porta, para saudá-lo e perguntar se ele se lembra dela.

E é assim que termina a primeira parte da oitava e última temporada de Dexter: quando se achava que a série trilhava por um determinado caminho, mais uma vez os roteiristas dão uma guinada e a trama final se torna novamente imprevisível. E fica ai a dúvida para o que está por vir. Mais uma vez Deb confrontará Dexter quanto a Hannah, compelindo-o a assassiná-la dado o perigo que a garota representa, ao passo em que o serial killer estará dividido entre o que sente pela fria a calculista assassina e sua nova situação como «mentor espiritual» para Zach, deixando ainda aberta inúmeras possibilidades como: estaria Dexter preparando seu legado para finalmente sair de cena, ou Vogel está enganada e ele ainda vai ter que enfrentar a má decisão de deixar Zach livre?

Anúncios


Categorias:Danielle Lenzi, Serviços, TV

Tags:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: