Review : Kick-Ass 2

kick-ass-2-image

Inspirado nos quadrinhos de Mark Millar e John Romita Jr, «Kick-Ass 2», dirigido por Jeff Wadlow, dá continuidade ao filme de Matthew Vaughn, e mostra a rotina de Dave Lizewski (Aaron Taylor-Johnson) e Mindy Macready (Chloë Grace Moretz) depois dos eventos sucedidos da primeira película, bem como a volta de Chris D’Amico (Christopher Mintz-Plasse), o vilão Red Mist, agora Motherfucker, que reúne um exército de super-vilões e pretende se vingar de Kick-Ass pela morte de seu pai.

A trama começa mostrando Dave e Mindy tentando se reintegrar às suas vidas depois de derrubarem o bandido Frank D’Amico (Mark Strong), e enquanto o alter ego de Kick-Ass escolhe deixar a vida de super-herói de lado, Mindy segue à risca os ensinamentos de Big Daddy (Nicolas Cage), e continua com seus treinos pesados para combater a criminalidade.

Quando Dave percebe como sua vida está monótona, retornando exatamente ao status quo ante do primeiro filme, e o quanto o Kick-Ass inspirou várias outras pessoas que se tornaram super-heróis e que saem às ruas para também combater o crime, ele decide voltar à ativa com a ajuda de Hit Girl, mas antes mesmo que possam dar notoriedade à parceria o detetive Marcus (Morris Chestnut), agora tutor de Mindy, proíbe terminantemente a garota de continuar com sua vida dupla.

Sozinho, o super-herói celebridade Kick-Ass encontra outro parceiro para suas patrulhas, o Dr Gravity (Donald Faison), e enquanto este o integra ao Justice Forever, um grupo de justiceiros mascarados liderados pelo Coronel Stars and Stripes (Jim Carrey), Mindy enfrenta outros super-problemas no colégio que dizem respeito a aceitação e popularidade, e descobre que vilões existem nos lugares mais inusitados.

Nesse meio tempo, decidido a se vingar de Kick-Ass, Red Mist, que agora atende pelo nome Motherfucker, reúne criminosos de toda a espécie para montar seu próprio time de super-vilões, entre eles Black Death (Daniel Kaluuya) e Mother Russia (Olga Kurkulina).

As coisas ficam complicadas quando Motherfucker descobre o local de encontro dos membros do grupo do Coronel Stripes, e dá início ao seu plano de retaliação contra Kick-Ass prejudicando uma a uma das pessoas próximas a ele ao descobrir sua identidade, forçando Mindy a reassumir o manto de Hit Girl para defender o amigo num verdadeiro espetáculo de pancadaria ao final.

Embora muitos entusiastas das aventuras de Kick-Ass tenham reclamado que o filme é muito mais focado na Hit Girl, acredito, ao contrário, que há um bom balanço na narrativa.

No decorrer do filme, somos introduzidos a uma nova fase para o personagem título. Ele evoluiu em contrapartida à primeira aventura e, mais do que nunca, tal como a própria Mindy lhe diz, tornou-se um herói de verdade sem ser um bad-ass. Por outro lado, Hit Girl estava lá na primeira história, e o ajudou a ser o que ele é agora, de modo que explorar a peleja da garota e a sua integração à uma vida normal era mais do necessária e óbvia, seja para fortalecer laços entre os dois, como para trazê-la de volta ao campo de combate, lembrando que ambos acabam precisando da ajuda e do incentivo um do outro em determinados momentos.

O filme é muito bem feito, tão bom quanto seu predecessor, realista, e sádico, e porquanto também explora o universo criado por Millar na spin off de Hit Girl, que se passa entre «Kick-Ass» e «Kick-Ass 2», acaba lamentavelmente tendo sua trama principal desenvolvida rápida demais, com muitas mudanças, omissões e pouco tempo em cena dos personagens de Jim Carrey e John Leguizamo, mas que nem por isso deixa de ser deleitável aos fãs da série, que agora aguardam ansiosos um terceiro filme.



Categorias:Cinema, Críticas, Danielle Lenzi, Quadrinhos

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: