Review do episódio #5.11 de Breaking Bad

1377481585925.cached

E eis que Jesse (Aaron Paul) sai do seu «estado de coma» no décimo primeiro episódio de «Breaking Bad», intitulado «Confessions».

teaser mostra a continuação do massacre havido no episódio «Buried», com Todd (Jesse Plemons) do lado de fora de um restaurante de beira de estrada. O rapaz deixa uma mensagem de voz no celular de Walter (Bryan Cranston) informando-o sobre o novo gerenciamento dos negócios agora que Declan (Louis Ferreira) foi tirado da produção por Lydia (Laura Fraser). Dentro do restaurante, ele conta a Jack e Kenny a história do roubo do trem, e seu tio pergunta se ele está pronto para cozinhar, ao que o rapaz diz que sim, e eles partem para o Novo México com os equipamentos tirados do laboratório de Declan.

Na sala de interrogatório do departamento de polícia de Albuquerque, Jesse (Aaron Paul) está sozinho com Hank (Dean Norris), e este lhe revela saber que Walt é Heisenberg. O chefe do DEA se mostra solidário a Jesse ao que parece ser a tentativa de sair dos negócios por conta da distribuição do dinheiro em maços pelas ruas da cidade. Schrader então lhe propõe que entregue Walt, mas Jesse nada diz, ao que Saul (Bob Odenkirk) entra na sala, apavorado ao vê-lo com Hank. Na sequência, o advogado contata Walt para revelar todo o ocorrido, e este lhe ordena que tome medidas urgentes para mandar Jesse para longe.

Em casa, Flynn (Walter White, Jr.) pede permissão ao pai para ir à casa dos tios a pedido de Marie (Betsy Brandt), que disse precisar de ajuda por conta de um problema no computador. Mais do que depressa, Walt o chama antes que ele saia, e diz que precisam conversar, ao que lhe revela que seu câncer voltou, e o rapaz decide ficar em casa.

Mais tarde, Marie confronta Hank sobre ainda não ter compartilhado com o DEA a informação de que Walt é Heisenberg, preocupada com o que possa lhes acontecer por conta da ocultação dos crimes do cunhado, ao que o marido insiste não ser ainda o momento apropriado.

Enquanto isso, na casa dos White, Walter está sentado na beirada da cama, e Skyler (Anna Gunn) à sua frente, ao lado de uma câmera. Ela pergunta se é mesmo o certo a se fazer, e ele responde que é a única alternativa. Ela então liga a câmera e ele começa o que parece ser uma confissão.

No dia seguinte, Walt e Skyler estão num restaurante mexicano, quando Hank e Marie chegam. Os dois se sentam à mesa, e o clima entre os quatro é tenso. Walt pede que eles deixem as crianças fora da situação, revelando que Flynn já passou por muito durante o último ano. Marie então sugere que ele se mate, e quando Hank revela não ter interesse em outra coisa que não a confissão de Walt, este se levanta e antes de sair com Skyler, deixa um disco compacto sobre a mesa.

Hank e Marie estão na sala se estar de sua casa, e começam a assistir ao vídeo. Na gravação, Walt revela ter feito parte de um enorme esquema de produção e venda de metanfetamina gerenciado por Hank. Ele diz que o cunhado usava suas conexões obtidas no DEA para tocar o negócio e que seu sócio era o empresário Gustavo Fring (Giancarlo Esposito), sendo Walt apenas o cozinheiro. Ele ainda revela que só se viu compelido a entrar no negócio por conta da fragilidade financeira na qual passou a se encontrar quando descobriu que estava com câncer, e que fez a bomba a pedido de Hank que, com a ajuda de Hector Salamanca (Mark Margolis), matou Gus Fring após uma desavença entre os dois. Por fim, Walt revela que deu $177,000 para o tratamento do cunhado depois de ser ferido por um dos matadores de Fring, e que Hank tomou seus filhos por três meses para que ele se comportasse, além de tê-lo esmurrado no rosto.

Estarrecida, Marie diz a Hank que ele deve levar o vídeo ao DEA como prova, mas quando o marido lhe confronta sobre o dinheiro que Walt deu para seu tratamento, e ela confirma dizendo que achava que se tratava do dinheiro das apostas do cunhado, ele lhe dá a entender que não há mais nada que possam fazer.

No deserto, Saul e Jesse esperam por Walt, que lhe pergunta tudo o que Hank queria saber dele na delegacia. Jesse revela que nada disse a Schrader, e quando o químico se aproxima dele sugerindo que ele saia da cidade e que comece uma vida nova com identidade falsa, o rapaz o acusa de querer apenas salvar sua própria pele. Inexpressivo, Walt se aproxima dele, e o abraça como se fosse um filho, e Jesse cai aos prantos.

No DEA, Gomez (Steven Michael Quezada) questiona Hank sobre os homens da sua equipe que estão rondando Jesse Pinkman, e sem revelar do que se trata, Hank concorda em removê-los da operação.

No seu escritório, Saul explica a Jesse como opera a pessoa que vai conseguir para ele uma nova identidade e tirá-lo da cidade. Ele menciona Florida, mas Jesse quer ir para o Alaska. O rapaz está visivelmente nervoso, e acende um baseado, ao que Saul se enfurece, e diz que o sujeito que vai encontrá-lo não o aceitará se estiver drogado. Jesse guarda a droga, e Huell (Lavell Crawford) o leva até o local do encontro.

Enquanto espera à beira da estrada, Jesse procura a droga no bolso do casaco, mas não a encontra. Em seu lugar, há um maço de cigarros. Reflexivo, ele vê o carro do sujeito indicado por Saul chegar, mas ele o ignora, e vai embora a pé, para, mais tarde, arrebentar a porta do escritório do advogado e esmurrá-lo. Saul tenta pegar a arma na gaveta, mas Jesse a pega antes, e antes que Huell possa fazer alguma coisa, ele o confronta sobre o veneno de ricina que sumiu do maço de cigarros, deduzindo finalmente que foi realmente Walt que envenenou Brock para convencê-lo a matar Gustavo Fring. Saul confessa que não sabia o que Walt planejava, e que só o fez porque ele lhe disse que queria salvá-lo. Jesse sai enfurecido do escritório de Saul, que mais do que depressa liga para Walt, alertando-o.

No lava a jato, Skyler está no caixa, e Walt aparece. Ele diz de forma casual que vai dar uma examinada na máquina de refrigerantes, pois parece não estar funcionando direito. Ele então pega uma arma de fogo que estava escondida, e arruma outra desculpa para sair.

Na casa dos White, Jesse estaciona bruscamente na calçada e, ensandecido, tira um galão de gasolina do porta-malas. Ele arromba a porta da frente e começa a despejar seu conteúdo por toda a parte, e o episódio acaba.

As coisas finalmente parecem ter ficado claras para Jesse. Mais do que nunca, ele agora sabe que Walter White não é mais a mesma pessoa da primeira temporada, o humilde professor de química e abnegado pai de família, incapaz de matar uma pessoa. Mas Jesse o viu evoluir, e talvez pior, ele viu Walt revelar o que de fato sempre foi: um verdadeiro sociopata. Ora, Walt é não apenas um cretino vaidoso, um grande mentiroso e um frio assassino, capaz mesmo de usar uma criança indefesa para obter sucesso nas suas maquinações, como também é um incrível manipulador.

Portanto, Jesse tem toda razão quando diz que Walt só quer salvar sua pele. Podemos até acreditar que o químico tenha alguma afeição paternal pelo rapaz, já que num determinado momento da série chegou até mesmo a chamar Flynn de Jesse. Mas, por outro lado, ele é capaz de tudo para acobertar seus crimes, e vimos que não mede esforços para tanto, seja comprometendo qualquer um que se atravesse seu caminho sem um pingo de remorso, ou mesmo a própria família, agora que pretende incriminar Hank se algo que acontecer.

E se Vince Gilligan prometeu que as coisas não vão acabar bem no final de «Breaking Bad», podemos ao menos ter uma certeza agora: o círculo parece efetivamente se fechar. Assim como o começo de tudo foi com a dupla Walter e Jesse, a indicação clara parece ser a de que o fim será um grande conflito entre os dois, que muito provavelmente acabará em derramamento de sangue. Não podemos deixar de esquecer que, correndo pelas beiradas, tem ainda Hank e Lydia, que sempre vão representar perigo para Walt. E por que não dizer Skyler? Ela pode parecer convicta em suas atitudes, mas somente enquanto estiver em segurança. Mas instável como sempre, aguentará até o final? E que venham os cinco últimos episódios!

Anúncios


Categorias:Danielle Lenzi, Seriados

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: